Ontem, durante umas compras que fiz com meu filho para o Natal e claro, seguindo à risca que comprar Perto de Casa é muito mais negócio do que gastar gasolina indo pra longe, pagando estacionamento, pegando engarrafamento  e etc, etc, etc…, fui numa certa galeria. Haviam uns dois quiosques juntos e um mais afastado, desses que ficam nos centros das galerias. Ficamos olhando o que havia e as opções pra nossos amigos secretos. Em um deles haviam 5 moças, parecia uma festa. Uma conversa boa danada, mas, em nenhum momento me perguntaram nada. Olhei uns brincos, uns conjuntos que estavam realmente interessantes, mas, sinceramente, não me deu a menor vontade de comprar. No outro a mesma coisa. Apenas uma vendedora, que mal olhou e nem mesmo perguntou o que eu queria. Bem, novamente pensei: não, não vou comprar aqui! Acabei indo para o que tinha menos opções (ao menos me pareceu). A moça me tratou muito bem e apesar de não ter nada do que havia pensado, ela me perguntou pra que idade seria, fez umas arrumações de acordo com cada idade e me ofereceu várias opções entre caixinhas, adornos, etc.
Certamente comprei a ela, se não o que estava pensando, mas outras coisas pra outras pessoas.
O fato é que se os empresários soubessem a importâqncia do atendimento em seus respectivos negócios, certamente saberiam porque muitas vezes vão à falência.
Meu Deus, quando irão aprender que ATENDIMENTO É TUDO????
Sabe, eu não ia comprar nada daquela loja, nada. Foi uma conquista da vendedora. Ela tentou me agradar de todas as formas e vendeu!
Não sou de reclamar quanto a isso, esbravejar e etc, a não ser que me pegue na TPM. Simplesmente não volto, como muitas pessoas o fazem. E quer coisa pior do que cliente que nem compra nem volta???
Por isso, caros anunciantes e empresários, fiquem de olho em quem coloca à frente de suas lojas, se possível esteja lá!
Presenciei um dia desses o atendimento da dona de uma das lojas que anunciam em minha revista, e que até posso citar o nome, Dona Duda, ela simplesmente colocou a loja de cabeça pra baixo para atender a uma cliente. Deu TODAS as opções. Ela sabe sim,  que poderá vender ou não, mas não poupa em simpatia muito menos em esforço! Isso é atendimento gente!

Portanto, fica aqui um conselho, não só para as vésperas de Natal, mas pra todos os dias do ano: 

 Trate seu cliente ” a pão de ló”! SEMPRE!

Boas Vendas!

(Taciana Valença)

Deixe uma resposta

BLOGS PARCEIROS
Blog de 1 a 10
Recanto das Letras
Blog Olhares Blog Escritaci