GERALDINHO LINS SE PREPARA PARA O CARNAVAL 2015

A GERALDO

O cantor e compositor Geraldinho Lins se prepara para arrastar, mais uma vez, uma multidão de foliões pelas principais ruas do Centro do Recife. Em 2015, pela sétima vez seguida, o artista vai ser um dos destaques do desfile do maior bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada. Para a apresentação, que abre oficialmente os festejos de momo no estado, Geraldinho Lins irá levar um repertório recheado de muito frevo, maracatu, caboclinho e coco.

“Sempre fui apaixonado pelo Galo e foi através dele que meu trabalho começou a ser solicitado para o Carnaval”, recorda Geraldinho Lins, que irá comandar o Trio Riachuelo. Em 2015, sua apresentação vai homenagear o compositor e produtor musical caruaruense Carlos Fernando, falecido em 2013. Além de clássicos como “Banho de Cheiro”, os foliões que vão cantar e dançar ao som do trio elétrico de Geraldinho podem esperar frevos tradicionais como “Voltei Recife”, “Bicho Maluco Beleza” e “Roda e Avisa”, além dos hinos do Galo, Ceroula e Vassourinhas.

Vai haver espaço ainda para o caboclinho, em sucessos como “É Tanto Amor” e “Arreia Lenha”. “Minhas músicas mais conhecidas, como “Amor de Sertão”, “Xote da Saudade”, “Xote Conquistador” e “Dona desse bem querer” estarão em ritmo de arrasta-pé e frevo”, adianta o artista.

A história de sucesso entre Geraldinho Lins e o Galo da Madrugada teve início no ano de 2005, quando de cima de um dos trios elétricos que participaram do desfile o cantor fez a multidão vibrar ao som de um repertório que unia o frevo a alguns de seus sucessos interpretados em uma levada mais agitada. Quatro anos depois, sua apresentação já era considerada o destaque do desfile do Galo. Nesse ano, Geraldinho Lins recebeu como convidados em seu trio elétrico os cantores Elba Ramalho e Toni Garrido e apresentou a canção “O Brilho do Galo”, composta em homenagem ao Galo da Madrugada e a seu fundador, o carnavalesco Enéas Freire.

Além do desfile do Galo da Madrugada, o período carnavalesco representa uma agenda cheia de shows para Geraldinho Lins. Comparável, em termos de trabalho, ao período junino. No período, o cantor leva um repertório voltado para a tradição carnavalesca pernambucana – em que não pode faltar o frevo, caboclinho e coco de roda – para apresentações em casas noturnas, empresas privadas, festas particulares e prefeituras do Litoral ao Sertão do estado.

Deixe uma resposta

BLOGS PARCEIROS
Blog de 1 a 10
Recanto das Letras
Blog Olhares Blog Escritaci