A MUSEU DO RECIFE
Uma dica para os recifenses que estarão na cidade nesta sexta-feira (1º), feriado do Dia do Trabalho, é conferir a exposição “Capibaribe meu rio”, das 9h às 17h, no Museu da Cidade do Recife, que fica no Forte das Cinco Pontas. A mostra reúne fotografias do rio desde a década de 1940 até os dias atuais; áudio de poetas que citam o Capibaribe em suas obras; imagens cartográficas e curtas-metragens feitos sobre o rio, que é de grande importância não só para o Recife, como para diversas cidades do interior do Estado. A entrada é franca.

Transformados em áudios, textos de Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto, Renato Carneiro Campos, Josué de Castro, Cida Pedrosa, que se referem ao Rio Capibaribe poderão ser ouvidos pelos visitantes.

Com curadoria da arquiteta Betânia Corrêa e do historiador Dirceu Marroquim, a mostra conta ainda com imagens feitas pelos fotógrafos Alexandre Severo, Eduardo Queiroga, Beto Figueiroa e Maíra Erlich, que integram o livro “Eu Capibaribe: o rio termina onde a cidade começa” de Gisela Abad. Além das projeções, que retratam o rio e seus afluentes na primeira década dos anos 2000, serão expostas também 50 fotografias feitas por Alexandre Berzin, que integram o acervo do Museu da Cidade do Recife.

Cine Canoa – Por fim, depois do “passeio” pelas imagens e pelas vozes do Capibaribe, o visitante assistirá curtas sobre o rio, no Cine Canoa, montado na exposição. Serão exibidos curtas de Kátia Mesel, Lula Queiroga e João Castelo Branco; a animação de Lúcia Matos com o rio sendo mostrado no século XIX e o vídeo feito pelo remador Rafael Lima. No espaço, será exibido também o vídeo que apresenta o Projeto Parque Capibaribe.

 

Deixe uma resposta

BLOGS PARCEIROS
Blog de 1 a 10
Recanto das Letras
Blog Olhares Blog Escritaci