Era meio dia quando ouço alguém na Livraria Jaqueira dizer que Eduardo Campos tinha morrido num acidente de avião. Como assim? Mais que imediatamente eu disse: – isso é invenção, coisas da internet. E eu acreditei piamente nisso. Mesmo assim me confirmavam: – não, é verdade! Voltei para casa andando e parei em tres farmácias à procura de um remédio. Em todas eu perguntava se era verdade. Infelizmente a notícia se confirmava. Primeiro senti um arrepio, depois fui tomada pela incredulidade. Cheguei em casa e então tudo se confirmou pela televisão. Meu Deus! Uma notícia brutal que, tenho certeza, abalou a  todos os brasileiros e especialmente os pernambucanos. Um jovem que acabara de completar 49 anos no dia dos pais. Uma grande força e referência política. Sem dúvidas, uma perda irreparável no cenário político brasileiro. Uma tragédia que estamos sentindo abalados! Há 9 anos seu avô, na mesma data, falecia. Uma data que jamais será esquecida. Uma pena. Como seguirá a política sem uma força tão importante para todos nós? Isso o tempo dirá. Registro aqui minha grande tristeza e meus sentimentos aos familiares de Eduardo e de todos que morreram no acidente.   Mal nos recuperamos da perda de Ariano e nos levam Eduardo. Sejamos fortes, como ele foi.   Força Pernambuco! Siga em paz, Eduardo Campos.   (Taciana Valença) Eduardo 2

 

 

 

 

 

Imagen: Google: veja.abril.com.br

Deixe uma resposta

BLOGS PARCEIROS
Blog de 1 a 10
Recanto das Letras
Blog Olhares Blog Escritaci