Reinaldo de Oliveira Homenagem Claudionor 14 Reinaldo 2

Aptidões? São várias! Médico, compositor, ator, contista, cirurgião, palestrante e professor!

Ele usa das artes para curar o corpo e a alma. A arte da medicina para curar o corpo e a arte da representação, que alimenta  a alma e, partindo de Reinaldo, nos faz rir, o que já é um santo remédio!

Reinaldo da Rosa Borges de Oliveira (Recife, 28 de junho de 1930) ´é filho de Valdemarr de Oliveira e Diná de Oliveira, de quem herdou o pendor pelo teatro e pela literatura, é seu sucessor, juntamente com seu irmão, Fernando de Oliveira, no Teatro de Amadores de Pernambuco, onde exerce a direção do Teatro Valdemar de Oliveira.

Aqui registro um depoimento feito pelo amigo, ator, pesquisador, produtor de rádio e televisão, diretor de teatro e compositor Renato Phaelante da Câmara por ocasião dos 80 anos do Dr. Reinaldo de Oliveira (28 de abril de 2010). Acho que resume um pouco do muito deste homenageado.

 

Este ano completará 85 anos muito bem vividos!!

  

80 Anos do Rei

 

Renato Phaelante da Câmara*

 

Vivemos num País onde ser Rei é possuir uma aptidão especial para alguma coisa. Em Pernambuco, além do nosso Rei do Baião, temos outro Rei, que não tem somente habilidade em um único campo, mas uma diversidade de talentos que se diz dele ser o homem dos sete instrumentos, como seu pai já o foi um dia.

Filho de Diná e Valdemar de Oliveira, o nosso Rei se destaca em diversos campos de atuação. No teatro é o Rei do riso; na sociedade e entre os amigos, o Rei do bom humor; na medicina é um Rei que salva vidas; na música se fez Rei em diversos festivais; no que ensinou nas universidades, é Rei da ética e do conhecimento. E sabem-se lá quantos outros reinados assumiu pela vida afora.

Não por isso, mas coube-lhe bem o nome de Reinaldo. Dono de um grande coração, possuidor de um talento extraordinário, Reinaldo de Oliveira é o ator do Nordeste mais admirado e aplaudido pelas nossas platéias. Inúmeros são os atores que se utilizaram dos seus serviços como cirurgião, sem que qualquer quantia lhe fosse cobrada.

Lembro de certa feita, na reabertura do Teatro Valdemar de Oliveira, após o incêndio de grandes proporções que o atingiu, o Teatro de Amadores de Pernambuco convidou o grande ator Paulo Autran, de saudosa memória, para marcar o evento e entreter o grande público convidado, junto com atores do próprio grupo. Antes da apresentação de Paulo, nosso Reinaldo se apresentou de forma hilariante e roubou a cena. A ponto de Autran afirmar: vim para divertir e acabei me divertindo com o Reinaldo. Ele é realmente impagável.

Dia 28 de junho de 2010, o nosso Rei completa 80 anos muito bem vividos e, particularmente, sinto-me feliz ao homenagear o homem que nos tem dedicado, a todos do teatro em Pernambuco e aos amigos, em geral, inclusive aos do Sport Clube Recife, como eu, uma atenção e um carinho especiais, partilhando de nossas alegrias ou tristezas.

Médico cirurgião, ator, compositor, professor, escritor, rotariano, palestrante, contista dos melhores, acadêmico, enfim, em qualquer área de atuação, Reinaldo é muito bom.

Dentre suas composições, que são muitas, Onde Andará Maria, Bloco do Cabelo Branco, Tristeza me Esqueça, O Mesmo Bloco Edgard, Ela Sabe, Tristeza o Vento Levou, destacamos uma que bem demonstra a sensibilidade Poema do Amor Sem Luz, dedicada a sua filha Dinazinha.

Utilizo o seu espaço no jornal para lhe informar que todos o estão abraçando. Estamos todos contentes por poder contar com você, no alto dos seus 80 anos de uma lucidez extraordinária, trazendo-nos seu talento, sua cultura, sua alegria, sua presença amiga.

Longa vida ao Rei, esse amigo e irmão querido de tantas pelejas que ensinou a muita gente um pouco do ser artista.
*Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco. 

Fonte: Folha de Pernambuco – 23/6/2010

Siga www.onordeste.com pelo Twitter

Deixe uma resposta

BLOGS PARCEIROS
Blog de 1 a 10
Recanto das Letras
Blog Olhares Blog Escritaci